segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Como conseguir um empréstimo para minha empresa?

Um dos principais obstáculos para o crescimento de uma empresa, muitas vezes, está em conseguir o suporte financeiro para a sua expansão; veja algumas possibilidades para vencer esta etapa



Um dos principais obstáculos para o crescimento de uma empresa, muitas vezes, está em conseguir o suporte financeiro para a sua expansão. A falta de dinheiro e verba para investir pode fazer com que determinados caminhos de uma organização sejam estagnados.

No entanto, existem várias possibilidades para que um empresário consiga um empréstimo ou financiamento para o seu negócio. Veja abaixo algumas delas:

Recursos próprios, família e amigos – Essa é a mais comum modalidade de financiamento entre os brasileiros, apoiada no fundo de garantia, na venda de um bem (casa, automóvel, etc.) ou na utilização de alguma aplicação anterior. Entre amigos e família, o financiamento pode ser realizado por meio de empréstimo ou participação nos negócios.

Microcrédito – O microcrédito é a concessão de empréstimos de pequeno valor a microempreendedores formais e informais, normalmente sem acesso ao sistema financeiro tradicional. Alguns bancos privados e o próprio governo possuem tarifas especiais para esse tipo de financiamento.

Investidor Anjo – Nele, um investidor pessoa física analisa potenciais planos de negócios das empresas a fim de investir um valor inicial necessário para a sua criação. Geralmente, esse dinheiro é concedido via participação acionária na empresa. A injeção de recursos normalmente vem acompanhada de orientações como indicação de clientes, fornecedores e parceiros.

Finep – Programa do governo que financia projetos e empresas emergentes voltados para o desenvolvimento tecnológico e inovação. Os financiamentos do Finep podem ser reembolsáveis e não-reembolsáveis. Mais detalhes em www.finep.gov.br.

Proger – Programa do governo federal que oferece um conjunto de linhas de crédito para interessados em investir no crescimento, modernização e custeio de seu negócio. O financiamento é feito por agências dos bancos credenciados no programa. Mais em www.proger.mte.gov.br

Crowdfunding: É um financiamento coletivo por meio de várias fontes, em geral pessoas físicas. Traduzindo para o português seria algo como “financiamento pela multidão”. A ideia é que várias pessoas contribuam, com pequenas quantias, de maneira colaborativa, a viabilizar o negócio. Existem sites especializados nesse modelo como o http://www.impulso.org.br e o http://catarse.me/pt

Venture capital e private equity – São investimentos maiores para startups que já testaram os modelos de negócios. Geralmente são aportes que superam um milhão de reais.

Outras – Fapesp, Portal do Empreendedor, Fiesp, FIERPR, Sesi, Senai, BNDES, Anprotec, ABVCAP e Nossa Caixa Desenvolvimento são outras instituições que também financiam ou apoiam empreendimentos e empresários.

Fonte: Administradores 

Nenhum comentário:

Postar um comentário